segunda-feira, 2 de março de 2009

BARCO DE UM SONHADOR

BARCO DE UM SONHADOR
AUTOR:CARLOS DE SOUZA




Lá vem novamente a solidão me visitar;

Vem como um pássaro em uma nuvem de amor.
Eu que sozinho,me contento em olhar :
O mar distante leva meu barco sonhador.

O mar aonde guarda saudades já vividas;
E escondidas vive elas nas profundezas.
Eu sou um náufrago das muitas noites mal dormidas;
Que em toda vida nadou contra as profundezas.

Velejei sempre ao contrário do mourão;
Em vez do porto busquei o fundo do mar.
O mar da vida,da imensa solidão;
dos amanhãs tão remotos a nafraugar.

Naveguei a milhões de milhas incansaveis
Não consegui o meu porto ancorar.
Parece até que não são águas navegaveis;
As profundezas do meu íntimo de amar.

Busquei nas espumas brancas dos parrachos:
O insensato dos insensíveis corações.
Ondas se batem iguais as fêmeas e os machos:
Quando se perdem pela força das emoções.

A esse náufrago solitário e triste,
Marcado sempre pela correnteza do mar.
Ah!nesse náufrago sempre existe:
A coragem de sobreviver dentro do mar .





Essa Poesia foi composta em 1992,numa madrugada de verão;surgiu repentinamente.E logo aflorou sujando o papel.Eis aí a poesia que faz parte,do LIVRO "ESPUMAS BRANCAS DO MAR"
do POETA CARLOS DE SOUZA que estamos em busca de um editor .Depois nós seguiremos com mais poesias.

Obrigado aos leitores e até a próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário